Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 Num restaurante do Porto, uma cliente acaba a sua refeição e pede um copo de água para tomar um comprimido. No final, ao verificar a conta, repara que lhe cobraram 1€. Estupefacta, a cliente resolve contar o episódio no Tripadvisor. O seu testemunho até começa de forma muito positiva, com elogios ao restaurante em vários itens. Contudo, estranhamos a pontuação que dá: 3 num máximo de 5. É então que refere o insólito episódio do copo de água e ficamos a saber a razão da pontuação baixa. No entanto, embora raro, o facto não seria noticia se não fosse a resposta do proprietário no mesmo site:

 

"Carissima Cliente,

fiquei agradavelmente contente com a sua avaliação em tão prestigiado site de avaliações como é o tripadvisor.com.

Apesar de tudo, fiquei incrivelmente espantado com o comentário relativo ao copo de água.
No menu executivo que servimos no Artemísia damos a possibilidade de os clientes consumirem qualquer bebida a copo para que a refeição seja mais económica e mais ao encontro do que é o dia a dia em Portugal nestes tempos dificeis de crise.

Esta bebida a copo está já incluída no preço do menu, que varia entre os 7,5€ e os 14,5€ conforme escolha só o prato principal ou todos os pratos: entrada+prato principal+sobremesa.
Nos casos em que nos é solicitada uma bebida extra menu, ou qualquer outro artigo, a politica é cobrar o preço da carta.

Penso que dado o nível do restaurante, como sua excelência muito bem refere, não seria muito ético servir um copo de água da torneira quando algum cliente solicita mais água além do menu. 

Teremos nós que saber qual o fim do copo de água? e mesmo sendo esse o fim, tomar um medicamento, porque teriamos de oferecer o copo de água? Se todos os clientes solicitarem o mesmo quantos copos de água teremos de servir sem cobrar?

Adicionado a todas estas questões, vem uma outra. A colega que serviu o copo de água pareceu-me bastante compreensível ao facto uma vez que não cobrou uma garrafa de água que tem o preço de tabela de 2€, mas fez o favor de cobrar apenas 1€ por um copo. O facto é que ficámos com a garrafa aberta e não sabemos se vamos poder servir mais um copo ou não, dessa mesma garrafa.

Existe uma diferença entre o que é um menu executivo, em que tudo está predefinido, e os pedidos efectuados fora desse menu. Infelizmente, o Artemísia não faz parte de uma instituição de caridade, é uma empresa com fins lucrativos. No caso de solicitar um café extra ao seu menu teria de pagar 1,5€. Será assim tão inaceitável cobrar 1€ por um copo de água com capacidade de 200ml? Ou teriamos também de oferecer o café?

Ainda questiono a sua avaliação escrita relativamente à qualitativa. Avalia que o serviço é excelente, comenta que foi muito bem atendida, mas... de seguida avalia o serviço com apenas 3 pontos! Será assim mesmo?

Em suma, agradeço a sua avaliação para que possamos crescer positivamente, em todos os aspectos, neste mercado tão competitivo e tão exigente como é o serviço de restauração."

 

Fiquei curioso... será que também cobram por um guardanapo extra?

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:31


72 comentários

Sem imagem de perfil

De Caroline a 21.08.2013 às 18:20


O texto é bem claro que a água vendida ao cliente por 1 euro nao era água da torneira mas sim água de garrafa. Sem dúvida o restaurante nao cobraria nada se fosse água da torneira mas normalmete por questao de saúde alguns restaurantes nao servem água da torneira.

O atendente de mesa deveria ter dito pra cliente que ele iria ter de abrir uma garrafa pra poder servir água pra ela e custa 1 euro por copo, sendo assim a cliente nao iria ter surpresas desagradáveis na hora de pagar a conta. Cada restaurante tem sua política, esse nao serve água da torneira, simples assim!.. :)
Sem imagem de perfil

De N Gonçalves a 23.08.2013 às 15:06

Simplesmente, ridícula a resposta do responsável pelo Rest Artemísia.
Se esta contestação corresponde à verdade, é de lamentar profundamente.
Mas ainda bem que vamos sabendo estas e outras...
É curioso porque se trata de um Rest que já tive para ir visitar...
assim, NEM PENSAR.

NG
Sem imagem de perfil

De anon a 30.08.2013 às 19:54

É tudo uma questão de Português...eu uso sempre "podia-me arranjar um --copo com água-- sff", obviamente se me cobrarem qualquer valor que seja e vier a palavra copo na factura trago o copo comigo...pois foi o que pedi e o que me cobraram.
Sem imagem de perfil

De Rui Filipe a 14.09.2013 às 03:25

Não concordo, mas aceito que seja politica do sito restaurante ... agora a resposta ao cliente e a forma prepotente que foi feita, é estranho e me faz especie, numa altura que os restaurantes "instigam" um atendiemento de qualidade e de aparente proximidade com os clientes ... esta postura (quanto a mim) indicia um atendimento (descarado) focado na carteira do cliente e não no bom atendimento (como eu o entendo) ...
... gostamos de ser bem servidos, mas mais gostamos de nos sentir (mesmo que aparentemente) bem recebidos ... pagar e sentir que não somos só mais um (que acabamos por ser) ...

acho que um esclarecimento seria oportuno, o confronto em tom de resposta, seria de todo escusado ...
Sem imagem de perfil

De Luis Paiva a 16.09.2013 às 15:46

Só por curiosidade, há 5 anos foi assim:
http://novacritica-vinho.com/forum/viewtopic.php?t=7736
Sem imagem de perfil

De sebastiao ramiro a 18.10.2013 às 16:39

Na luta por uma boa freguesia há de se pensar que um estabelecimento consegue credibilidade ,só depende da higiene e bom atendimento e de certos esclarecimentos desnecessários ,as exigências dos fregueses pode aproximar e ser freguês para sempre ,por outro lado por não fazer certas cortesias o cliente não é fiel até descobrir um local que seja mais atraente ,não existe local tão bom que não seja de sua preferência ,
Sem imagem de perfil

De Ronald Santoa a 29.10.2013 às 15:33

PARABÉNS AO PROPRIETÁRIO, RESPOSTA PERFEITA, POSTURA ÉTICA, PROFISSIONAL E MORAL PERFEITAS.
PARABÉNS.
RONALD - GERENTE GERAL A 20 ANOS
Sem imagem de perfil

De José Trindade a 11.02.2014 às 13:01

Pois é... Pena não saber qual o restaurante para não ir lá.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.02.2015 às 21:39

O que digo é que os nossos proprietários de restaurantes viagem um pouco e aprendam o que se faz nos países civilizados como França. Vão perceber que o sentido comercial não comporta estas mesquinhezes de contabilizar os ivas os copos de água..
É ridículo! E desejo seriamente que a sua ganância os leve à falência por falta de clientes.
Imagem de perfil

De leaovivo a 12.07.2015 às 17:38

um copo de água depois de tudo pago não fica em 1 €
a lavagem do copo o detergente a secagem e a própria água que não custa , 0,0001 € pode-se dizer que é uma barbaridade ,
ao ser cobrado a um cliente que consumiu , como também foi dado opinião que durante umas festas usam e abusam das instalações sanitárias do restaurante , como se sabe essas ditas instalações estão ao serviço dos clientes do espaço comercial se não tiver WC não será passada licença de utilização , portanto o proprietário esta no direito de negar o uso das mesmas a quem so entra para as utilizar ,

Comentar post




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira as listas completas



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub



Calendário

Agosto 2013

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Comentários recentes

  • Leitor

    As pétalas estão no ponto já prato e sobremesas tê...

  • André Miguel

    Por falar em Alentejo... que tal está o Pica Miolo...

  • Anónimo

    Cá temos um exemplo da verdade universal do “mais ...

  • Anónimo

    Acho que não lhes vou dar oportunidade, parece que...

  • Anónimo

    Nao aconselho, procure mais avaliações sobre o loc...