Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




FullSizeRender 15.jpg 

A poucas horas de serem revelados as novidades do Guia Michelin Espanha e Portugal 2017, em Girona, Espanha, já é sabido que Portugal terá 7 novos restaurantes com 1* estrela e 2 novos com 2** estrelas,  resultado fantástico, ainda que não se verifique a duplicação do número de estrelas, como tinha sido avançado há umas semanas por um responsável da publicação. 
 
 
Entre os vários chefes convidados apanhámos no mesmo avião que nos levou a Barcelona os chefes do Belcanto, José Avillez e David Jesus. Sabendo de antemão que o único novo 3 estrelas atribuído este ano será para Espanha, Avillez mostrava-se tranquilo e satisfeito com os resultados históricos para Portugal. 
 
Quanto a palpites, o chefe português avançou-nos com alguns dos nomes que têm sido referidos nos últimos dias : "os duas estrelas sairão de um grupo que inclui o Feitoria de João Rodrigues, o Yeatman, Ricardo Costa e Il Galo d'Oro de Benoit Sinthon".
 
E quanto a novidades com uma estrela o chef do Belcanto aposta "no Alma, no Lab, no Esporão, na Casa de Chá da Boa Nova, no Antiqvm, no Vista e na recuperação da estrela do L' And, do meu amigo Miguel Laffan".
Independentemente do número de estrelas poder ser um pouco menor do que o avançado há dias, Avillez ficou contentes com a possibilidade de haver um grupo de novos restaurantes galardoados: "Acho importantíssimo para a cozinha portuguesa. Há sempre lugar no topo para mais gente e julgo que vai beneficiar muito a imagem de Portugal, incluindo a nível de turismo e de cultura. É uma noite de festa para a cozinha portuguesa". 
 
 
Recorde-se que à data (guia de 2016)  Portugal possui 3 restaurantes com duas estrelas e 11 com uma, a saber:
 

2 estrelas: 

.Belcanto, Lisboa

.Vila Joya (Galé, Albufeira)

. Ocean, Porches 

 

1 estrela:

. Casa da Calçada (Amarante)

. Pedro Lemos (Porto)

. Yeatman (Vila Nova de Gaia)

. Eleven (Lisboa), 

. Feitoria (Lisboa)

. Fortaleza do Guincho (Cascais)

. Bon Bon (Carvoeiro)

. Henrique Leis (Almancil)

.São Gabriel (Almancil)

.Willie’s (Vilamoura)

.Il Gallo d’Oro (Funchal)

 
 

 

 

 

Leia ainda:

publicado às 17:28


8 comentários

Imagem de perfil

De Miguel Pires a 27.11.2016 às 11:45

Paulina, sim, falar em duplicação é um acontecimento estrondoso, mas as 7+2 que aconteceram também eram mais do que suficiente para provocar uma grande apetência pelo fenómeno. Sinceramente acho que foi mais negligência do que propositado - ainda que uma coisa não seja muito melhor do que outra.

Comentar post



Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Pesquisar

  Pesquisar no Blog