Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




50Best2018.jpg

Como tem sido hábito, nos últimos anos, a uma semana de ser anunciada a lista dos do World 50 Best Restaurants, a 2ª parte mesma, que este ano vai do 51 ao nº 120 (uma novidade, uma vez que eram apenas 100) foi divulgada ontem e revela algumas surpresas, bem como deixa algumas pistas.

Começando pelo lado português. Tendo o Belcanto sido nº75, no ano passado, das duas uma: ou o restaurante de José Avillez saiu completamente da lista, ou sobe aos 50 primeiros. Não é propriamente segredo que Avillez foi convidado a estar presente em Singapura, onde decorrerá a cerimónia de divulgação dos prémios. É verdade que o convite surgiu igualmente em cerimónias anteriores, pelo menos desde que faz parte dos 100 primeiros. Ora, se tivesse sido completamente erradicado, o convite não faria sentido. Outra pista, prende-se com as saídas de muitos nomes da lista, o que abriu lugar a muitas novas entradas. Começando logo pelo topo, como é sabido, a partir desta edição, os vencedores anteriores saem da lista e passam para uma espécie de cátedra. Portanto, restaurantes como a Osteria Francescana, Celler de Can Roca, Eleven Madison Park, ou Fat Duck estarão fora do jogo. Curiosamente, já o Noma, ao fechar e reinventar-se como Noma 2.0, está qualificado para a prova. O lado negativo para Portugal é que mesmo com a lista a estender-se a 120 nomes, nenhum outro restaurante luso conseguiu alcançá-la.

Entre os que saem 50 primeiros, há grandes surpresas. As mais visíveis são as quedas do D.O.M., que ainda há poucos anos disputava os lugares cimeiros e que agora aparece na 54ª posição, depois de no ano passado ter sido nº 30.  

Também o Arzak, que tem sido uma presença constante entre as primeiras 20, 30 posições cai de nº 31 para nº 53, tal como o Ledburry, em Londres que esteve vários anos no top 10 e que agora surge no nº 64. O Astrid y Gaston (Lima), também dá um trambolhão e passa de 39º para 67º, tal como Quique Dacosta, para mim um dos melhores do mundo - e que nunca foi muito bem tratado neste ranking – que cai de nº 68 para nº 81.

Do lado das subidas, destaque para as entradas Uliassi (Senigallia, Itália) para n°61, Core by Claire Smith (Londres) para nº66, Aponiente (Puerto de Santa Maria) para nº94, e o Oteque (Rio de Janeiro) para nº100. De assinalar ainda a subida do Lasai de nº100 para nº74.

Em relação às apostas para o nº1, fala-se muito do Mirazur, actual nº 3 e recentemente galardoado com 3 estrelas Michelin. De facto, com a saída do jogo dos dois primeiros do ano passado - Osteria Francescana e Celler de Can Roca – o caminho parece ter ficado livre para que o restaurante de Mauro Colagreco, em Menton (França), chegue ao lugar cimeiro. Só que para baralhar o jogo há um joker muito influente que entra este ano de novo no jogo, o Noma 2.0. Portanto, prognósticos, só no fim do jogo, como dizia o outro.

Confira a lista abaixo (em inglês):

 

 

    No.51     No.86
    Reale     Tegui
    Castel di Sangro, Italy     Buenos Aires, Argentina
   
    No.52     No.87
    Mikla     Martin Berasategui
    Istanbul, Turkey     Lasarte-Oria, Spain
   
    No.53     No.88
    Arzak     Lung King Heen
    San Sebastian, Spain     Hong Kong, China
   
    No.54     No.89
    D.O.M.     108 CPH
    São Paulo, Brazil     Copenhagen, Denmark
   
    No.55     No.90
    Maeemo     Alo
    Oslo, Norway     Toronto, Canada
   
    No.56     No.91
    Relae     Sushi Saito
    Copenhagen, Denmark     Tokyo, Japan
   
    No.57     No.92
    Nobelhart & Schmutzig     Harvest
    Berlin, Germany     St. Petersburg, Russia
   
    No.58     No.93
    Sud 777     La Cime
    Mexico City, Mexico     Osaka, Japan
   
    No.59     No.94
    Burnt Ends     Aponiente
    Singapore     El Puerto de Santa María, Spain
   
    No.60     No.95
    Indian Accent     Gaa
    New Delhi, India     Bangkok, Thailand
   
    No.61     No.96
    Uliassi     Belon
    Senigallia, Italy     Hong Kong, China
   
    No.62     No.97
    Nihonryori RyuGin     Vendôme
    Tokyo, Japan     Bergisch Gladbach, Germany
   
    No.63     No.98
    Florilège     Anne-Sophie Pic
    Tokyo, Japan     Valence, France
   
    No.64     No.99
    The Ledbury     The Jane
    London, UK     Antwerp, Belgium
   
    No.65     No.100
    Selfie     Oteque
    Moscow, Russia     Rio de Janeiro, Brazil
   
    No.66     No.101
    Core by Clare Smyth     Brae
    London, UK     Birregurra, Australia
   
    No.67     No.102
    Astrid y Gastón     Amber
    Lima, Peru     Hong Kong, China
   
    No.68     No.103
    Fäviken     Jade Dragon
    Järpen, Sweden     Macao, China
   
    No.69     No.104
    Nahm     Cococo
    Bangkok, Thailand     St. Petersburg, Russia
   
    No.70     No.105
    Saison     Kadeau
    San Francisco, USA     Copenhagen, Denmark
   
    No.71     No.106
    SingleThread     Restaurant David Toutain
    Healdsburg, USA     Paris, France
   
    No.72     No.107
    Aqua     Il Ristorante Luca Fantin
    Wolfsburg, Germany     Tokyo, Japan
   
    No.73     No.108
    Maní     L'Astrance
    São Paulo, Brazil     Paris, France
   
    No.74     No.109
    Lasai     Alcalde
    Rio de Janeiro, Brazil     Guadalajara, Mexico
   
    No.75     No.110
    Diverxo     Neolokal
    Madrid, Spain     Istanbul, Turkey
   
    No.76     No.111
    Momofuku Ko     Chambre Séparée
    New York, USA     Ghent, Belgium
   
    No.77     No.112
    Chef's Table At Brooklyn Fare     St John
    New York, USA     London, UK
   
    No.78     No.113
    Lido 84     Vea
    Gardone Riviera, Italy     Hong Kong, China
   
    No.79     No.114
    Mingles     La Colombe
    Seoul, Korea     Cape Town, South Africa
   
    No.80     No.115
    Estela     Per Se
    New York, USA     New York, USA
   
    No.81     No.116
    Quique Dacosta     St. Hubertus
    Denia, Spain     San Cassiano, Italy
   
    No.82     No.117
    Enigma     Epicure
    Barcelona, Spain     Paris, France
   
    No.83     No.118
    Dinner by Heston Blumenthal     Ernst
    London, UK     Berlin, Germany
   
    No.84     No.119
    Attica     Atomix
    Melbourne, Australia     New York, USA
   
    No.85     No.120
    Amass     Sugalabo
    Copenhagen, Denmark     Tokyo, 
 
 
 
 
 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:42


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Cristina a 25.06.2019 às 12:06

Hoje vai se conhecer a lista principal, mas esta parte dos 50 ao 120 só confirma que essa lista devia chamar-se os "trendiest" (ou "preferidos"), já que as subidas e descidas são resultado de convites e influências para que os jurados vão a este ou àquele restaurante.

Comentar post



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Veja as listas completas aqui



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Junho 2019

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Comentários recentes

  • Artur Hermenegildo

    Já fui comer o menu de almoço e é de muito boa qua...

  • Paulo Guerra

    E como é óbvio não se vende Lisboa com metade do f...

  • Paulo Guerra

    Apesar de chegar tarde gostava de comentar a temát...

  • Artur Hermenegildo

    Pois, isto tudo concentrado num mês é o diabo para...

  • Anónimo

    Um bom restaurante a carta é curta, quando a carta...