Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Pandemia, a quanto obrigas

por Duarte Calvão, em 19.08.20

chefs-protective-masks-gloves-prepare-food-kitchen

Procurei outro tema para este artigo, até porque julgo que, tal como eu, os leitores, estarão fartos dele, mas foi em vão. Não consigo evitá-lo. Embora, no momento em que escrevo, os restaurantes já tenham recebido há umas semanas autorização para reabrir, as restrições que ainda existem e, principalmente, o receio dos clientes em voltar a frequentá-los continuam a impor-se, tal foi o impacto que a pandemia teve nas nossas vidas. Assim, pedindo desculpas pela falta de originalidade, vou tentar elencar brevemente o que de mais constantemente tenho ouvido de gente do sector da restauração, em Portugal e noutros países, sobre a “nova normalidade” e das alterações que ela traz.

Este post foi transferido para o novo endereço, MesaMarcada.Com. Para continuar a lê-lo, clique AQUI.

 

Leia ainda:

publicado às 10:55


2 comentários

Imagem de perfil

De simplesmente... a 21.08.2020 às 12:42

Melhores dias seguramente virão.
Perfil Facebook

De Luis Filipe Costa Piteira a 24.08.2020 às 07:32

Pois eu, desde Maio em que se deu a reabertura dos restaurantes, tenho ido comer fora com alguma regularidade. Existe sempre a necessidade de marcação prévia e todos os que frequentei até este sábado que passou estavam cheios. Restaurantes de comida tradicional, alguns com adaptações (Tombalobos). Alguns mantiveram os menús e preços, outros baixaram-nos e adaptaram os seus menús. Mas sempre cheios. E fui mais de uma vez a vários deles.

Comentar post



Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Pesquisar

  Pesquisar no Blog