Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




PradoMercearia.jpg

 

Dinamizar a mercearia e a zona com um bar de vinhos e restaurante com chefes convidados é a nova proposta de António Galapito para o Prado Mercearia, o espaço vizinho ao restaurante Prado, na Baixa lisboeta. Esta nova fase está prevista para começar a 13 de Março, quando chegar o primeiro chefe convidado e o espaço já tiver sido adaptado com as mesas que irão acolher 24 pessoas no interior mais algumas, em pé, no exterior. O espaço, que foi dotado de uma cozinha mais completa, continuará a funcionar como mercearia ao longo do dia, com uma proposta mais simples e será a partir do fim do dia é que se dará a transformação.

 

“Gosto da ideia como mercearia se vai desenvolver, em termos de oferta para comer”, Diz-nos António Galapito. “De manhã teremos umas sanduíches e ao almoço juntamos umas sopas”. A ideia é pegar em conservas, enchidos, queijos, legumes e outros produtos que vendem na mercearia, mas quem conhece o Prado sabe que “sanduíches” e “umas sopas” nunca serão sanduíches ou sopas banais, ainda que a fasquia não deva ser colocada muito alta dado que a ideia é que o almoço ande na casa dos 10/15 euros. Durante do dia haverá tábuas de queijos e de enchidos que se manterão a partir das 19h até às 23h quando começar a funcionar o bar de vinhos. Porém será nesta altura que entrarão os chefes convidados. O Prado Mercearia irá acolher chefes em residências cuja duração será variável. “Gostaria que fossem três a quatro meses, mas também podem ser de duas ou três noites”. Segundo Galapito, terá sobretudo a ver com a disponibilidade dos convidados. “Tenho amigos que já me pediram para fazer períodos curtos”. 

 

António Galapito trabalhou cerca de 8 anos em Londres e será de um grupo de ex-colegas e amigos que sairão os primeiros nomes. Todavia, os convites serão estendidos a chefes portugueses que estejam numa fase de transição por cá.

 

A inaugurar a série de residências estará, de 13 Março a 30 Março, o australiano Sebastian Myers, que passou pelo Chiltren Firehouse e que já esteve cá durante um Sangue na Guelra.

 

Depois será a vez de Edgar Wallace, de 9 Abril a 30 Abril. Wallace foi colega de Galapito no Corner Room e na Taberna Mercado antes de mergulhar a fundo na cozinha oriental.

 

Todos os chefes que residentes por períodos mais longos farão antecipadamente um almoço de apresentação Prado & Friends, no restaurante principal, no domingo anterior à abertura.

 

Galapito revela ainda que haverá pelo menos uma semana de intervalo entre a ida e a vinda de um novo chefe residente e aí será a equipa do Prado que tomará conta do espaço. Esta será também uma forma de impulsionar a criatividade dentro de portas, dado que todos os meses uma pessoa da cozinha e outra sala outra da sala ficarão na Mercearia – ao cozinheiro caberá a função, junto com Galapito, de delinear a carta para o período diurno e também para os jantares quando não houver chefe residente.

 

A cada chefe será liberdade para criar respeitando a filosofia do Prado: aproveitamento máximo dos alimentos, utilização de ingredientes locais, sazonais e sempre que possível biológicos. Em alguns casos poderá ser aberta uma outra excepção, nomeadamente ao nível de certos temperos, como acontecerá no caso de Edgar Wallace.

 

Em termos de vinhos, a proposta não está ainda completamente fechada, mas não andará muito longe da oferta de vinho bio, biodinâmicos e naturais do Prado Restaurante.

 

Neste novo registo, o Prado Mercearia funcionará de terça-feira a sábado, sendo que à segunda-feira estará aberto mas apenas no horário normal de loja.

 

Seja para se tomar um copo de vinho e comer um snack enquanto se espera mesa no Prado Restaurante, ou especificamente para jantar, Lisboa e a zona da Sé, passam a ter mais um espaço uma proposta interessante. Ou pelo menos assim se espera. Venha daí o mês de Março.

 

Prado Mercearia, Rua das Pedras Negras, 37, Lisboa

 

Posts Relacionados: 

. Já são conhecidos os prémios do Mesa Marcada de 2018

. Um evento e cinco restaurantes portugueses nomeados para prémios de melhores do mundo

. Menu de Interrogação - 10 Perguntas a António Galapito

. Uma lufada de ar fresco chegará em breve à Baixa com a abertura do Prado, do discípulo de . Nuno Mendes, António Galapito

Leia ainda:

publicado às 15:00


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Pesquisar

  Pesquisar no Blog