Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



No mesmo espírito que o levou a considerar a exportação do pastel de nata como um desígnio nacional, o Ministro da Economia, Álvaro Pereira, pretende agora pegar no conceito da francesinha e exportá-lo. No entanto quer mudar-lhe o nome para Portuguesinha. Parece que um assessor lembrou-o de que a popular iguaria nortenha era uma inspiração na tosta francesa, Croque-monsieur. Contudo isso não demoveu o Ministro. Segundo informações a que o Mesa Marcada teve acesso, o Ministro ripostou, com o seu tom de voz inspirador, que "até é capaz de ser verdade mas que a nossa versão é mais rica e por isso já é mais nossa do que a deles". Sendo assim, continuou que não deveríamos estar a promover o nome gaulês "mas sim o nosso", para concluir com um argumento arrasador: "se na altura da Guerra do Golfo os americanos mudaram o nome das french fries para freedom fries faz todo o sentido que nós façamos o mesmo". O Ministro propõe ainda que a receita seja aligeirada e melhorada por questões de imagem e de saúde. Segundo uma fonte do Ministério já foi feita a encomenda, a conhecido Chef português, por ajuste directo, de uma versão "com gamba de Espinho incrementada, ovo quase biológico e em que o molho não ultrapasse os 600 ml" 

 

proposta de portuguesinha encomendada pelo Ministro Álvaro Pereira 

 

Ao que parece, a norte, a ideia não está a ser muito bem recebida. "Era só o que faltava. Então agora que eu comecei a vender francesinhas vem este ministro estrangeirado querer alterar-lhe o nome? nós cá em cima não vamos tolerar tal coisa" referiu-nos um Chef do Porto que não se quis identificar mas que tem um restaurante no último andar num prédio de habitação na Cedofeita e que deixou o seu grito de alerta dado a conhecer na última entrega de prémios da Revista de Vinhos: "Pooooooortooooo!". Outra voz discordante do norte, que também preferiu não se identificar (mas cujo o nome vem de Serra e acaba em "ão") e que agora é critico gastronómico, comentou-nos o caso: "isso é mais uma tentativa para dar o campeonato ao Benfica! Mas o norte não ide ceder nessa trambóia!"

 

Mas o Ministro parece determinado e consta que já contactou o seu amigo Nando para criar um 'corner' na sua popular cadeia de chicken piri-piri, Nando's. O Mesa Marcada questionou o responsável da cadeia de fast food de inspiração lusa, que foi muito breve na resposta: "Minister who? portug... what? No comments". 

 

Ficamos a aguardar o desenvolvimento dos acontecimentos. Esperamos que seja antes da resolução do campeonato para que não existam segundas leituras quanto às intenções.

 

Nota de 2 de Abril: como muitos deram conta esta noticia foi o nosso contributo habitual (como no passado, aqui e aqui) para o dia das mentiras. No entanto, como alguém me disse: "mais camarão incrementado, menos camarão incrementado é mentira mas podia ser verdade". Quanto ao post da Paulina (abaixo) só mesmo ela poderá confirmar...

Leia ainda:


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Pesquisar

  Pesquisar no Blog