Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Obcecados por comida

por Miguel Pires, em 07.12.09

Os japoneses são obcecados por comida, não no sentido da "comezaina" mas sim no sentido de fazer e servir bem e de apresentar de forma impecável. Em duas semanas que levo de Japão, primeiro em Tóquio, seguido de Quioto e agora de regresso à capital, comi quase sempre muito bem. Supermercados, lojas de conveniência,   foodhalls das principais estações de transportes publicos (bem como de centro comerciais ou de armazéns), bancas de mercado,   pequenos restaurantes de noodles, ou de sushi,  restaurantes mais sofisticados, ou até mesmo, num dia de desespero, num bar de tapas galegas, foram os vários locais onde comi desde o mais básico prato de soba, ao invariável sushi, passando por tempuras, sukyakis, entre muitas outras iguarias, até chegar ao topo,  a experiência única de uma refeição kaiseki, no Kikunoi, do chefe Yoshihiro Murata (um dos mais reputados restaurantes de Quioto, a quem a  Michelin atribuiu 3 estrelas no recente Guia de  Quioto e Osaka).

Por vezes escolhe-se baseado na intuição, visto em muitos dos casos o menu só existir em japonês. Outras vezes aponta-se para as fotografias e reza-se para que os 2000 ienes sejam de um menu de almoço e não apenas de uma entrada. É impossível não nos lembrarmos, a todo o momento, do filme Lost in Translation de Sofia Copolla, mas mesmo quando nos perdemos na tradução nunca deixamos de nos entender. É que os japoneses são obcecados por comida mas antes disso são obcecados por servir bem.

 

Uma curiosidade: no pequeno bairro de Gion, em Quioto, existem mais restaurantes com estrelas Michelin do que em Portugal e, arriscaria, Espanha inteira. Muitos não têm mais do que 10 lugares e são raros os que ultrapassam os 40 lugares. Em nenhum vi à porta qualquer alusão à sua condição de "estrelados".

 

Depois de ter deixado aqui, em post anteriores, fotos do mercado de Tsukiji (o maior mercado de peixe do mundo), vou fazer alguns posts com fotos que possam traduzir melhor algo do que refiro acima.

 

 

08.20h: pequeno almoço junto ao mercado do peixe de Tsukiji

 

"Italian sashimi", mercado de Quioto

 

cavala (?) fumada

 

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:15


Patrocínio


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira as listas completas


Posts recentes


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub



Calendário

Junho 2018

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Comentários recentes

  • Paulina Mata

    Parabéns ao Zé, ao David e a toda a equipa. Bom tr...

  • Duartecalf

    Achei particularmente interessante o apontamento s...

  • Saulo Cardoso

    Às vezes o mais difícil não é chegar ao topo, é se...

  • Anónimo

    fiquei impressionado com as historias do Adolfo He...

  • Adriano

    Já agora, e penso ser no sítio e momento certo, ex...